ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent § Academia Rio-Grandense de Letras § Notícias § Finalistas do Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras 2020 §

NOTÍCIAS

Finalistas do Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras 2020

22 de novembro de 2020

Divulgamos, a seguir, por categoria e em ordem alfabética, os finalistas do Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras 2020. Os vencedores serão conhecidos em cerimônia virtual que será realizada em 14 de dezembro de 2020, às 20h. Mais informações em breve.

TESE OU DISSERTAÇÃO: TROFÉU DYONÉLIO MACHADO

1. AS IRONIAS DE DYONÉLIO MACHADO EM “O LOUCO DO CATI” – JONAS KUNZLER MOREIRA DORNELLES – UFRGS

2. CONTINUIDADE E PRESENÇA: OS LIMITES IMPRECISOS ENTRE O SER E O ESPAÇO NA NARRATIVA “SATOLEP” – FÁBIO ANTÔNIO DIAS LEAL – UNIRITTER

3. PRODUÇÃO E RECEPÇÃO DE ANÁLIA VIERIA DO NASCIMENTO NO “ALMANAQUE DE LEMBRANÇAS LUSO-BRASILEIRO” (1871-1898) – REBECCA DEMICHELLI SAMPAIO – UCS

POESIA: TROFÉU ALCEU WAMOSY

1. APENAS POR NÓS CHORAMOS – ANNA MARIANO – PENALUX

2. ESCONDERIJO DA NUVEM – CARLOS NEJAR – CLASS

3. NENHUM AMOR IGUAL AO MEU – ÁLVARO SANTI – PATUÁ

NARRATIIVA CURTA: TROFÉU SIMÕES LOPES NETO

1. COMO SE MATA UMA ILHA – PRISCILA PASKO – ZOUK

2. DOMANDA NÍSIO – EMIR ROSSONI – TELUCAZU

3. PROSA PEQUENA – AMÍLCAR BETTEGA - ZOUK

LIVRO PARA A INFÂNCIA: TROFÉU CARLOS URBIM

1. O BAÚ DOS CONTOS DE FADAS – MARISTELA SCHEUER DEVES – LORIGRAF

2. O FANTASMA DO RELÓGIO – ATHOS BEUREN – AVEC EDITORA

3. TARRAVETA – DANIEL CASSOL E CARLA PILLA – EDIÇÃO DO AUTOR

ROMANCE: TROFÉU ALCIDES MAYA

1. BERÇO DE JUDAS – JEFERSON ASSUMÇÃO – TAVERNA

2. DOZE LIÇÕES – DANIELA KERN – CLASS

3. ILHADOS – VICTOR HUGO RODRIGUES VIANNA – CARNIVAL

CRÔNICA: TROFÉU APOLINÁRIO PORTO ALEGRE

1. A INVEJA NOSSA DE CADA DIA E OUTRAS REFLEXÕES CRÔNICAS – MARTA LEIRIA – METAMORFOSE

2. A PORTA DO CHAPÉU – CELSO GUTFREIND – CLASS

3. NAVEGADOR DE BARCO DE PAPEL – JORGE FINATTO – EDIÇÃO DO AUTOR

Academia Rio-grandense de Letras

PATRONOS

CADEIRA 40

Alceu Wamosy

Alceu de Freitas Wamosy nasceu em Uruguaiana, Rio Grande do Sul, em 14 de fevereiro de 1895, filho de José Afonso Wamosy e Maria de Freitas Wamosy. Es-tudou no Colégio Urugiiaianense, de sua cidade natal e em Alegrete. Jornalista desde a adolescência, Alceu Wamosy iniciou-se como redator de A Cidade em 1909 na cidade de Alegrete. Em 1911 já dirigia o mesmo.

Em Porto Alegre, foi redator, em 1915, de O Diário e A Federação. Em 1918, foi diretor em Santana do Livramento de O Republicano. Em 1923, com o início da Revolução...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo