NOTÍCIAS

Zilá Bernd é eleita para a Academia Rio-Grandense de Letras
10 de abril de 2024

      A professora e orientadora Zilá Bernd foi eleita para a Academia Rio-Grandense de Letras. Após disputar a vaga com outros 10 escritores que também concorreram atendendo ao edital publicado pela ARL....

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Edital de abertura do período para inscrição de candidatos à Cadeira nº 12
20 de março de 2024

      Em atendimento ao Art. 4 do Regimento da Academia Rio-Grandense de Letras, Airton Ortiz, presidente do sodalício, publica o presente edital de abertura do período para inscrição de candidatos à...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Convocação de Assembleia Geral: eleição de novo acadêmico (07/03)
07 de março de 2024

Ilmo(a). Sr(a). Acadêmico(a)       Encerrou-se, no dia 20 de fevereiro de 2024, o prazo para inscrição de candidaturas à Cadeira 36 da Academia Rio-Grandense de Letras, cujo patrono é Lindolfo...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Tabajara Ruas toma posse dia 14 na Academia
01 de março de 2024

     No recente 12 de janeiro, a Academia Rio-Grandense de Letras elegeu o escritor e cineasta uruguaianense de nascimento, Tabajara Ruas, para a Cadeira 17, de patrono Timóteo Faria Corrêa, anteriormente ocupada por Heino...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Academia Rio-grandense de Letras

PATRONOS

CADEIRA 27

Aníbal Teófilo

Aníbal Teófilo da Silva nasceu em Humaitá, no Paraguai, em 21 de julho de 1873. Seu pai, um oficial gaúcho do Exército Brasileiro servia no Paraguai e ali residia com a esposa quando o bebê Aníbal nasceu.

Jornalista e boêmio era conhecido por seu temperamento versátil. Residiu em diversos estados do Brasil e em Portugal. Foi redator da Careta a partir de 1908 no Rio de Janeiro. Poeta de Rimas, livro de poesias publicado em 1911, Aníbal Teófilo foi assassinado por Gilberto Amado em 19 de junho de 1915.

Gilberto Amado era membro da...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo